20 novembro, 2015

Marmelos no forno com moscatel, canela e estrelas de anis

No Outono os marmelos não faltam na minha cozinha.
Cozidos ou assados, com eles preparo sobremesas fáceis, simples, aromatizadas.
Esta receita é simples mas deliciosa.
Eu optei por assar os marmelos  mas cozidos com os restantes ingredientes ficam igualmente perfeitos.
Sirva-os quentes ou frios.

Ingredientes:
. 6 marmelos
. 1 cálice de Favaios
. 4 colh .(sopa) açúcar amarelo
. 4 colh. (sopa) água
. 2 paus de canela
. 2 estrelas de anis

Preparação:
Descasque os marmelos, corte-os em quartos e espalhe-os num tabuleiro de forno.
Numa taça misture os restantes ingredientes e deite sobre os marmelos.
Leve ao forno quente e asse até os marmelos ficarem macios.
Experimente!

15 novembro, 2015

Bacalhau passado por farinha de milho e frito em azeite

Hoje fritei bacalhau passado por farinha de milho.
E assei batatas e dei-lhes um valente murro.
E fiz cebolada com perfume de alecrim.
No fim, juntei tudo num tabuleiro e levei uns minutinhos ao forno para unir aromas e sabores.
A cozinha ficou um caos... mas valeu a pena.
Ufa!

Ingredientes:
. postas de bacalhau
. farinha de milho
. batatas pequenas
. cebola
. alho
. louro
. salsa
. alecrim
. azeite
. sal

Preparação:
Leve o bacalhau ao lume, em água fria. Quando levantar fervura retire imediatamente o bacalhau da água. Reserve.
Lave bem as batatas em água corrente, espalhe-as num tabuleiro, salpique com bastante sal e leve ao forno quente.
Enquanto as batatas assam, o que leva cerca de quarenta minutos, avance com a preparação da receita.
Primeiro corte cebola em rodelas finas, junte alho, louro e alecrim e refogue em azeite. Espalhe depois a cebolada num tabuleiro.
A seguir passe o bacalhau por farinha de milho e frite-o em azeite. Vá colocando as postas fritas sobre a cebolada, no centro do tabuleiro.
De volta às batatas, retire-lhes o excesso de sal e pressione-as (use um pano para não se queimar) para abrirem. Coloque-as à volta do bacalhau.
Regue tudo com o azeite da fritura (e mais, se necessário) e leve ao forno por breves minutos.
Antes de servir decore com salsa picada.
Experimente!

01 novembro, 2015

Malaysian frango Penang

O Malaysian frango Penang é uma mistura de chili vermelho, coentros, cominhos, alho, gengibre, raspas de limão, folhas de lima, paprika, pimenta branca e canela.
Na minha cozinha o aroma era delicado, no prato o frango tinha um sabor diferente e agradável.
Vou repetir?
Não sei!

Ingredientes:
. frango cortado em pedaços
. mistura de malaysian frango Penang
. leite de coco
. cebola
. alho
. tomate
. pimentos verdes
. azeite
. louro
. limão
. sal

Preparação:
Comece por fritar ligeiramente o frango em azeite. Retire e reserve.
Na gordura que ficou no tacho refogue cebola e alho. Junte depois o tomate e o louro.
Adicione a mistura de temperos, o frango e o leite de coco. Coza em lume brando.
A meio da cozedura junte ao preparado tiras de pimento verde.
Deixe apurar e no fim salpique o frango com gotas de sumo de limão.
Experimente!

24 outubro, 2015

Ervilhas com ovos escalfados e tomate seco

Eis uma receita simples, rápida e económica, da cozinha tradicional portuguesa.
Utilizei bacon mas podia ter sido chouriço.
Utilizei tomate seco (atenção que é salgado) pelo sabor agradável que dá aos refogados.
A pitada de açúcar foi para atenuar o sabor doce característico das ervilhas.
O trabalho na minha cozinha foi mínimo… o sabor à mesa foi máximo!

Ingredientes:
. ervilhas congeladas
. ovos
. bacon picadinho
. tomate seco
. tomate fresco pelado
. cebola
. alho
. azeite
. vinho branco
. louro
. sal
. açúcar

Preparação:
Numa frigideira (ou panela), saltei o bacon em azeite.
Junte depois cebola e alhos picados e louro. Deixe refogar um pouco e junte o tomate seco e o tomate fresco pelado. Borrife com vinho branco e deixe cozinhar uns minutos.
Adicione as ervilhas e cuba com água quente. Tempere com sal e uma pitada de açúcar.
Dez minutos depois, ou quando as ervilhas estiverem praticamente cozidas, com a ajuda de uma colher abra espaços para ali deitar os ovos inteiros. (Parta cada ovo para uma tacinha e será mais fácil deitá-lo depois para a frigideira).
Cubra os ovos com molho e deixe cozinhar os minutos suficientes para a clara cozer e a gema se manter líquida.
Experimente!

09 outubro, 2015

Douradas assadas, com coentros e pimentos vermelhos

Asso peixe quando não me apetece estar muito tempo “enfiada” na cozinha.
É fácil, rápido e fica sempre, sempre, bem.
Temperar, meter no forno, esperar, degustar.... não tem nada que enganar.
A sério!

Ingredientes:
. dourada
. coentros
. pimento vermelho
. batatas
. cebola
. alho
. vinho branco
. azeite
. colorau
. louro
. sal

Preparação:
Comece por barrar o peixe com azeite, sal e colorau. Na abertura da barriga meta raminhos de coentros. Reserve.
Corte cebola e alhos às rodelas e espalhe num tabuleiro onde já deitou azeite. Acrescente uma ou duas folhas de louro.
Por cima de tudo coloque o peixe e as batatas (já passadas por sal e colorau).
Regue com azeite e vinho branco, espalhe por cima coentros e tirinhas de pimento.
Leve ao forno quente, cerca de 45 minutos.
Ser vir necessidade, adicione borrifos de água.
Experimente!

03 outubro, 2015

Perna de cabrito transmontano no forno

Esta perna de cabrito foi comprada em Trás-os-Montes.
Não sei porquê, mas a carne de lá (seja ela qual for) tem muito mais sabor.
A combinação de temperos - diferente de tudo o que eu já experimentei com cabrito - resultou na perfeição.
Gostei deste almoço. Muito!

Ingredientes:
. perna de cabrito
. vinho branco
. vinho tinto
. molho inglês
. tomilho
. cravinho
. azeite
. banha
. sal
. colorau
. alhos esmagados
. louro
. salsa
. piripiri

Preparação:
Na véspera deite num tabuleiro todos os temperos e misture bem.
Depois, massaje o cabrito com a mistura obtida e leve ao frigorífico toda a noite, tapado com película.
No dia seguinte, aqueça o forno antes de colocar dentro o tabuleiro. 
Deixe o cabrito assar até alourar. É rápido, demora pouco mais de uma hora.
Quando a carne estiver quase pronta, espalhe à volta batatas novas (com a pele) previamente cozidas em água com sal e deixe-as ganhar cor.
Quando tudo estiver pronto, retire a carne para fora e deixe repousar uns minutos antes de a cortar.
Coloque, então, a carne e as batatas numa travessa e espalhe por cima o molho do assado.
Experimente!

19 setembro, 2015

Massinha com bacalhau desfiado

Eis uma receita fácil e rápida.
Se os ingredientes estiverem todos prontos a usar, a preparação final não demora sequer meia hora.
O tomate seco dá-lhe um gostinho especial, os pimentos um colorido engraçado.
No fim, a mistura colorida e saborosa deve servir-se bem quentinha.
Foi o que eu fiz e… saboreei.

Ingredientes:
. bacalhau desfiado (demolhado)
. massinha “cotovelo”
. pimento verde
. pimento vermelho
. tomate seco picado
. tomate pelado
. massa de tomate
. cebola
. alho
. louro
. azeite
. vinho branco
. salsa
. piripiri
. sal

Preparação:
Refogue ligeiramente cebola e alhos picados, tomate seco e fresco, massa de tomate e louro, em azeite.
Tempere com o vinho, sal (atenção que o tomate seco é bastante salgado), um ramo de salsa e piripiri.
Adicione a massa e envolva no molho. Vá adicionando água quente aos poucos, apenas para não pegar ao fundo do tacho.
Quando a massa estiver quase cozida junte o bacalhau e os pimentos cortados em tirinhas. Acrescente água suficiente para finalizar a cozedura e deixar bem apuradinho.
Rectifique os temperos e não espere para servir.
Experimente!

06 setembro, 2015

Empadão de arroz, carne picada e mozzarella

Eis uma versão diferente do tradicional empadão.
Em vez de puré de batata usei arroz, isso mesmo, arroz.
À carne de vaca e porco juntei cubinhos de presunto e aromatizei com vinho tinto, molho inglês e uns pozinhos de cominhos.
Por fim, gratinei com bastante queijo mozzarella.
Foi fantástica esta mistura.
Comi (comemos) e repeti (repetimos).
Resultou bem.

Ingredientes:
. carne de vaca picada
. carne de porco picada
. cubinhos de presunto
. arroz
. queijo mozzarella ralado
. cebolas
. alhos
. tomate
. pimento verde
. azeite
. vinho tinto
. molho inglês
. caldo de carne
. louro
. hortelã
. sal

Preparação:
Comece por fazer um refogado ligeiro com azeite, cebola e alho picado, uma folhinha de louro, cominhos e um raminho de hortelã.
Adicione depois a carne e o presunto e deixe ganhar um pouco de cor, mexendo sempre.
Junte agora o tomate pelado, as especiarias, o vinho e o molho inglês, o caldo de carne.
Deixe cozer e apurar bem. Quase no final junte pimento verde cortado em cubinhos.
Vá juntando água sempre que necessário, tendo em atenção de que não vai necessitar de muito molho.
Rectifique os temperos, retire e reserve.
Agora, vamos ao arroz.
Leve ao lume um tachinho com azeite, cebola e alho picado, uma folha de louro.
Quando ganhar cor junte o arroz e frite por uns minutinhos.
Junte água quente (1 arroz / 2 água) e um pouco de sal (tenha em conta que a carne já está temperada). Deixe levantar fervura e mantenha apenas dez minutos ao lume (vai acabar de cozer no forno). Retire e escorra.
Tudo feito, há que montar o empadão: arroz, carne, arroz.
Leve ao forno quente cerca de dez minutos, depois, com cuidado, retire o tabuleiro e espalhe por cima do arroz bastante queijo.Volte a meter no forno para gratinar, e já está.
Experimente!

31 julho, 2015

Bifinhos de peru com capa de amêndoas torradas

Nunca, mas mesmo nunca, os meus bifinhos de peru panados ficaram tão gostosos.
Tal deveu-se, certamente, ao sabor único das amêndoas torradas.
Ficaram bem temperados, sem qualquer pingo de gordura, crocantes, deliciosos.
Ao almoço servi-os quentinhos com arroz de cogumelos.
Ao fim da tarde, os que sobraram viraram petisco e foram devorados à mão, sem mais nada.
Valeu!

Ingredientes:
. bifes de peru
. amêndoas torradas
. ovos
. farinha
. alhos
. limão
. mostarda
. louro
. sal
. óleo de girassol
Preparação:
Uma a duas horas antes tempere a carne com sumo e raspa de um de limão, mostarda, alho picado, louro e sal.
Entretanto, pique grosseiramente amêndoas torradas. Reserve.
Num prato fundo bata ovos. Em outro, misture farinha com as amêndoas.
Deite óleo numa frigideira e leve ao lume.
Quando o óleo estiver quente inicie a fritura dos bifinhos, previamente passados pelos ovos e depois pela mistura de farinha e amêndoas.
Frite-os dos dois lados, retire e coloque sobre papel de cozinha, para absorver o excesso de gordura.
Experimente!

28 julho, 2015

Perca em tomatada

A perca tem um sabor agradável mas  enjoativo.
Aqui em casa comemos geralmente a perca grelhada, temperada apenas com um fio de azeite e sumo de limão.
Pois desta vez decidi fazer diferente: cozia-a numa tomatada picante.
Ficou perfeito. Vou repetir.

Ingredientes:
. postas de perca
. tomate maduro cortado em pedaços
. cebola
. alho
. louro
. salsa
. azeite
. vinho branco
. sal
. piripiri

Preparação:
Num tacho (ou frigideira) refogue em azeite cebola e alho às rodelas. Adicione depois tomate e refogue por mais uns minutos.
Regue com vinho branco e tempere com sal e piripiri.
Acame o peixe na tomatada, tape o tacho e deixe cozer em lume brando.Se necessário adicione água. 
Rectifique os temperos e sirva com batatas cozidas.
Experimente!

25 julho, 2015

Taça “light” de morangos e iogurte grego

Assim, sem mais nem menos, do nada, comecei a sentir uma enorme vontade de comer uma guloseima.
Tinha à mão um chocolate (sempre as reservas…) mas como estava quase na hora do almoço pensei numa sobremesa “light”, fresca e rápida de preparar.
Abri o frigorífico, espreitei, pensei uns segundos e … voilá!

Ingredientes:
. morangos
. compota de morango (preferencialmente sem açúcar)
. iogurte grego de morango
. bolachas de aveia

Preparação:
No fundo de uma taça de vidro comece por colocar colheradas de compota.
À parte misture morangos com o iogurte. Coloque sobre a compota.
Com um garfo mexa o fundo da taça, ligeiramente, apenas para conseguir um raiado de rosa e vermelho.
Por último, esmague grosseiramente bolachas de aveia e espalhe por cima.
Leve ao frio antes de servir.
Experimente!

19 julho, 2015

Coelho com molho picante

Voltei ao coelho e ainda bem. Foi um sucesso.
É uma receita simples, que não precisa de grande esforço, suja um único tacho, e pode até preparar-se de véspera. Tudo bom!
Acredite, o meu coelho ficou óptimo… bem, talvez tenha abusado do piriripiri… o marido diz que não.

Ingredientes:
. coelho
. vinho branco
. vinho tinto
. louro
. bacon
. cebola
. alho
. azeite
. farinha
. salsa
. colorau
. sal
. piripiri
. gotas de limão

Preparação:
Corte o coelho em bocados médios e durante umas duas horas cubra-o com uma marinada feita com os vinhos, louro, salsa, piripiri, alho picado, colorau, sal e piripiri.
Depois, frite em azeite cubinhos de bacon e o coelho passado por farinha.
Acrescente cebola às rodelas fininhas e a marinada.
Deixe cozer em lume brando cerca de uma hora.
Vá juntando água quente sempre que necessário, para que o coelho coza no molho.
Antes de desligar o lume adicione gotinhas de sumo de limão e salsa picada. Mexa e já está.
Deixe repousar uns minutos na panela e depois sirva com batatas cozidas ou fritas.
Experimente!

09 julho, 2015

Petiscada de choquinhos picantes

Petisco de fácil e rápida preparação.
Servi os meus choquinhos sobre fatias de pão torrado, regadas com o molho picante.
Acredite que ficaram uma verdadeira delícia.

Ingredientes:
. choquinhos pequeninos
. azeite
. sal
. alho
. vinho branco
. salsa
. piriripi

Preparação:
Limpe e lave os choquinhos em várias águas.
Tempere-os com sal (pouco), alho picado, vinho branco e piriripiri. Reserve uns minutos.
Leve cebola, alho e louro a refogar em azeite.
Em seguida junte os choquinhos, cozinhe por uns minutos e adicione a marinada.
Antes de terminar a cozedura junte salsa picada e sirva sobre fatias de pão torrado.
Experimente!

28 junho, 2015

Borrego marinado em três vinhos

Pois é, decidi “embebedar” o meu borrego com três vinhos e não me arrependi.
Servi um prato cheio de sabores e aromas, que foi gabado, e isso deixou-me satisfeita.
Numa outra ocasião vou fazê-lo de véspera, para os sabores ficarem ainda mais intensos... e ser ainda mais gabado...
A foto ficou péssima, mas o borrego ficou óptimo.
Verdade!

Ingredientes:
. borrego aos pedaços
. bacon aos cubinhos
. cebolas
. alhos
. vinho branco
. vinho tinto
. vinho do Porto
. louro
. rosmaninho
. farinha
. azeite
. sal
. piripiri

Preparação:
Deixe de véspera o borrego numa marinada feita com os três vinhos, alhos picados, piripiri, louro e rosmaninho.
No dia, num tacho com azeite refogue ligeiramente a cebola com o bacon.
De seguida, junte o borrego – sem a marinada – e deixe dourar.
Adicione agora a marinada (junte-lhe antes um pouco de farinha) e caldo de carne.
Cozinhe em lume brando, mexendo de vez em quando e juntando água, se necessário
Rectifique os temperos e sirva quentinho com puré de batata ou com batatas simplesmente cozidas com a pele.
Experimente!

20 junho, 2015

Bacalhau com batata palha no forno

Hoje fiz batota na minha cozinha. A sério!
Reparem bem nos ingredientes: uma embalagem de bacalhau já desfiado; um pacote de batata palha já frita; uma embalagem de queijo já ralado; um pacote de molho bechamel já prontinho…
Enfim! Há dias assim, esquisitos.
Há que dizer que o bacalhau ficou estupendo e isso é o que interessa. E ninguém precisa de saber como foi feito, não é?
Batota na minha cozinha? Não!

Ingredientes:
. bacalhau desfiado (demolhado)
. batata palha
. cebola
. alho
. azeite
. queijo mozzarella
. molho bechamel
. salsa
. pimenta
. louro

Preparação:
Leve ao lume um tacho com azeite, cebola às rodelas fininhas, alhos picados, louro. Refogue ligeiramente.
Junte o bacalhau espremido, mexa e deixe cozinhar uns minutos.
A seguir, adicione a batata e continue a mexer.
À parte adicione um pouco de queijo e salsa picada ao molho bechamel. Junte depois ao bacalhau e envolva bem.
Deite tudo num tabuleiro e espalhe por cima o resto do queijo.
Leve a gratinar, em forno previamente aquecido.
Experimente!

13 junho, 2015

Pargo assado com limão

Acredite que este pargo assado com limão (pode ser qualquer outro peixe) fica muito, muito bom.
Para além disso não custa nada fazê-lo e… suja apenas um tabuleiro.
Tenho de confessar que sou louquinha pela acidez do limão assado. Lambuzo-me, mas deixo de lado apenas a casquinha.
Amei!

Ingredientes:
. pargo inteiro
. limão
. salsa
. azeite
. alhos
.colorau (muito pouco)
. sal

Preparação:
Lave o peixe em água corrente e enxugue em papel de cozinha.
A seguir, com uma faca afiada golpeie o peixe de ambos os lados. Corte só até à espinha.
Esfregue-o por dentro e por fora, com azeite, sal, colorau e sumo e raspa de limão. Use também pimenta, se gostar.
Aguarde meia hora., e só depois leve o peixe ao forno quente.
Antes, regue com azeite, salpique com salsa, espalhe no tabuleiro alhos inteiros e quartos de um limão.
Vá regando o peixe com o molho do assado.
Fica pronto em 25 – 30 minutos. Não deixe assar demasiado.
Experimente!

05 junho, 2015

Red Curry de galinha

Voltei à cozinha indiana e ao caril.
Voltei às experiências culinárias e preparei um red curry.
Gostei? Bem, é aromático, é saboroso, mas.. prefiro o green curry.
Talvez fique melhor combinado com porco. Um dia talvez faça. Talvez!

Ingredientes:
. galinha
. red curry em pó
. leite de coco
. cebola
. alho
. tomate em pedaços
. cominhos
. piripiri
. azeite
. louro
. limão
. sal

Preparação:
Corte a galinha em pedaços e frite-os, ligeiramente, em azeite. Reserve.
Faça um refogado com azeite, cebola e alho. Junte depois o tomate e deixe apurar.
Com a varinha mágica triture o refogado, junte o red curry e todos os outros temperos.
De seguida, adicione a galinha e o leite de coco e deixe cozer em lume brando.
Não deixe secar. Se necessário junte pequenas porções de água quente, ou leite de coco..
No final, mesmo antes de desligar o lume, salpique o caril com gotas de sumo de limão.
Experimente!

30 maio, 2015

Iscas de fígado de vitela em cebolada

Já não cozinhava fígado há muito tempo. Agora, de repetente, apeteceu-me.
Como não encontrei fígado de porco, o meu preferido, acabei por comprar, preparar e comer, fígado de vitela.
Gostei!
Acho que vou repetir… daqui a uns anitos…

Ingredientes:
.  fígado de vitela
. cebolas
. alhos
. vinho branco
. vinagre
. azeite
. colorau
. sal
. salsa
. louro

Preparação:
Corte o fígado a seu gosto e tempere-o com alho picado, sal, louro, colorau, vinho branco e vinagre.
Deixe marinar pelo menos duas horas, num lugar fresco.
Entretanto, descasque e corte em rodelas finas duas ou três cebolas e alhos.
Frite, depois, o fígado em azeite. Não deixe que cozinhe demasiado, retire da frigideira e mantenha quentes.
Na gordura onde fritou as iscas refogue a cebola e os alhos.
Quando a cebola estiver mole adicione o líquido da marinada e deixe que ferva 2-3 minuto.
Junte agora as iscas à cebolada. Mantenha ao lume mais uns minutos para que os sabores se misturem.
Sirva com batatas cozidas.
Experimente!

24 maio, 2015

Cataplana de raia e salmão

Cataplana, ou caldeirada, quer seja de peixe ou de carne, proporciona sempre uma refeição cheia de aromas e sabores.
O trabalho é mínimo, a confusão na cozinha igualmente mínima, o resultado é impressionante.
Mais…permite que “brinquemos” com os ingredientes utilizados, sem medos.
Caso não tenha uma cataplana utilize um tacho. Convém apenas que seja grandinho.
Crie as suas cataplanas preferidas e espante a família e convidados.
Desta vez juntei à minha cataplana uma cebola roxa. Não volto a fazê-lo. Ficou feia, no final da cozedura.

Ingredientes:
. raia
. salmão
. batatas
. cebola
. alho
. pimentos verdes
. pimentos vermelhos
. tomate
. coentros
. louro
. azeite
. vinho branco
. cálice de whisky
. sal
. piripiri
. colorau

Preparação:
No fundo da cataplana deite azeite e por cima camadas de cebola às rodelas, alho picado, louro, batatas às rodelas grossas, pimentos às tiras, tomate. Vá temperando com sal, colorau e piripiri.
Por cima de tudo espalhe cubos de raia e o salmão, previamente temperados com sal.
Junte agora o vinho, o whisky, o louro, e os coentros picados. Não junte água.
Feche a cataplana e deixe cozinhar, em lume brando, cerca de 20-25 minutos.
Convém sacudir a cataplana para os sabores se irem misturando e evitar que queime.
Findo o tempo, abra a cataplana com cuidado por causa do vapor, verifique se está tudo cozinhado e sirva bem quente.
Experimente!

03 maio, 2015

Bifes de peru condimentados

Pois é, hoje decidi fritar bifes de peru na gordura de um bom chouriço picante.
Gostei!
O peru ganhou um novo e delicioso sabor, e eu “inventei” e saboreei uma refeição simples, rápida e económica.

Ingredientes:
. bifes de peru
. chouriço de carne picante
. vinho branco
. azeite
. manteiga
. mostarda
. alhos
. tomilho
. colorau
. louro
. sal
. salsa

Preparação:
De véspera tempere os bifes com vinho branco, alhos picados, tomilho, colorau e louro.
No dia seguinte, frite em azeite o chouriço, cortado a seu gosto, até ficar crocante. Retire e reserve.
Mantenha a frigideira bem quente e frite os bifes na gordura do chouriço até estarem no ponto desejado.
Retire os bifes para uma travessa e mantenha-os quentes.
Ao molho que ficou na frigideira junte a marinada, manteiga e mostarda. Deixe apurar e por fim verta sobre os bifes.
Antes de servir salpique com salsa picada.
Acompanhe com arroz, batatas fritas ou salteadas.
Experimente!

24 abril, 2015

Lombo de porco marinado em tomilho, alecrim, vinagre balsâmico e mel












Ontem, mergulhei o lombo numa marinada diferente, feita de sabores intensos. E não me arrependi.
Hoje, comi lombo de porco com batatas assadas. Muito, muito bom. E facílimo de preparar.
Amanhã, vou comer lombo em fatias de pão ensopado no molho. Esforço mínimo. Sabor aumentado.
Depois de amanhã… bem, depois de amanhã... talvez coma peixe…

Ingredientes:
. lombo de porco
. tomilho
. alecrim
. vinho branco
. vinagre balsâmico
. mel
. louro
. alhos
. azeite
. piripiri
. colorau
. sal

Preparação:
Deixe o lombo 24 horas numa marinada feita com todos os ingredientes indicados.
Depois, retire-o da marinada, coloque-o num tabuleiro e leve ao forno aquecido durante cerca de uma hora.
Vá regando a carne com a marinada.
No final deixe a carne repousar uns minutos antes de a fatiar.
Numa frigideira apure o molho que ficou no tabuleiro. Junte-lhe manteiga e a restante marinada.
Sirva com batatas assadas
Experimente!

17 abril, 2015

Tortilha (simples) à espanhola

Para uma refeição rápida, nada melhor do que preparar uma tortilha.
Desta vez optei por fazê-la bem simples, mas sei que se pode juntar o que quisermos.
Vou fazer mais tortilhas.
A sério!

Ingredientes:
. ovos
. batatas
. cebolas
. azeitonas pretas
. salsa
. azeite
. sal
. pimenta

Preparação:
Corte em pedacinhos batatas e cebolas.
Deite tudo numa frigideira antiaderente, junte azeite e leve ao lume para fritar ligeiramente.
Bata os ovos (eu coloquei 3 por pessoa) e junte-lhes salsa picada e azeitonas descaroçadas cortadas aos bocadinhos. Tempere com sal e pimenta.
Aumente o lume da frigideira e adicione os ovos- em fio - ao preparado das cebolas e batatas.
Envolva bem e vá descolando à volta. Reduza o lume.
Quando a tortilha estiver meio sólida, vire-a com a ajuda de um prato e deixe-a deslizar novamente para a frigideira. Mantenha ao lume apenas por apenas mais uns minutos, para não secar.
Sirva com uma salada fresca.
Experimente!

10 abril, 2015

Bacalhau com massa folhada, tomatada e pimentos

Voltei ao bacalhau. E ainda bem!
Inventei e saboreei um magnífico almoço.
Inicialmente pensei juntar natas ao preparado, mas acabei por perceber que não havia necessidade de lhe adicionar mais calorias.
Acompanhei com uma fresca salada verde.
Perfeito!

Ingredientes:
. bacalhau desfiado
. massa folhada
. cubinhos de chouriço
. tomate
. pimento verde
. pimento vermelho
. cebola
. alho
. louro
. coentros em pó
. vinho branco
. queijo ralado Mozarella
. azeite
. açúcar
. sal
. pimenta

Preparação:
Pique cebola e alho e leve ao lume, em azeite, para alourar ligeiramente.
Adicione o chouriço e cozinhe por uns minutos. Perfume com vinho branco.
Junte pedaços de tomate pelado, uma pitada de açúcar e o pó de coentros e mantenha em lume brando.
Junte, agora, o bacalhau e os pimentos cortados em tirinhas ou cubinhos. Rectifique os temperos.
Deite o preparado num tabuleiro e deixe arrefecer ligeiramente.
Cubra, depois, com massa folhada e leve ao forno quente.
Antes de finalizar espalhe por cima o queijo e deixe gratinar.
Experimente!

01 abril, 2015

Tirinhas de vitelão com cogumelos

Ficou saboroso e reconfortante o meu guisadinho de vitelão. E perfumado.
Servi-o com batatas cozidas com a pele.
A mistura de ervas aromáticas foi perfeita.
Gostei!

Ingredientes:
. escalopes de vitelão em tirinhas
. cogumelos fatiados
. cubinhos de chouriço
. cebola
. alhos
. azeite
. vinho branco
. louro
. alecrim fresco
. tomilho seco
. colorau
. piripiri
. sal

Preparação:
Leve ao lume um tacho com azeite e frite, ligeiramente, a carne e os cubos de chouriço. Retire e reserve.
À gordura que ficou no tacho junte cebola e alho picados e deixe refogar uns minutos.
Junte agora a carne, o chouriço, todos os temperos e um pouco de caldo de carne. Deixe cozinhar.
Entretanto, saltei numa frigideira os cogumelos em manteiga. Deixe que soltem todos os sucos e junte-os à carne.
Rectifique os temperos e termine a cozedura.
Sirva bem quentinho com batatas fritas ou cozidas, arroz ou esparguete.
Experimente!

27 março, 2015

Robalo no forno, com vinagre balsâmico, tomilho, gengibre e colorau

Em dias de muita preguiça nada melhor do que assar ou grelhar peixinho.
É só temperar…colocar no forno ou grelha… e já está!
A mistura de especiarias com que temperei este robalo resultou muito bem.
Vou experimentar com outros peixes.

Ingredientes:
. robalo escalado
. vinagre balsâmico
. azeite
. colorau
. gengibre em pó
. tomilho
. sal

Preparação:
Pré-aqueça o forno.
Numa taça misture vinagre balsâmico, azeite, colorau, gengibre, tomilho e sal.
Esfregue o robalo com o preparado anterior e deixe repousar 10 minutos.
Coloque depois o peixe num tabuleiro, ligeiramente untado com azeite, e leve ao forno durante cerca de 15 minutos.
Retire do forno, deixe repousar breves minutos e sirva com legumes cozidos, ou salada verde.
Experimente!