19 dezembro, 2014

Taça com polpa de manga, iogurte e frutos silvestres

Esta mistura colorida é uma sobremesa fácil de fazer e muito gostosa.
De verão ou de inverno sabe sempre bem.
É doce…

Ingredientes:
. 1 lata de polpa de manga
. 4 iogurtes gregos naturais
. 500 g de frutos silvestres
. açúcar em pó
. hortelã

Preparação:
Numa taça de vidro coloque a polpa de manga, por cima os iogurtes e por fim a fruta.
Antes de servir polvilhe com açúcar em pó e hortelã picada..
Experimente!

14 dezembro, 2014

Arroz de cabidela feito com frango do campo

Arroz de cabidela é um prato tradicional do Norte de Portugal, fácil de preparar e muito, muito saboroso.
Digo que é fácil de preparar porque não passa de um comum guisado a que se adiciona, no final, sangue avinagrado.
Uau! O meu arroz de cabidela ficou malandrinho e bom, bom, bom!

Ingredientes:
. frango do campo (ou galinha)
. sangue fresco
. chouriço, presunto ou bacon (eu utilizei bacon)
. cebola
. alho
. louro
. cravinho
. alecrim seco
. salsa
. vinho branco
. azeite
. sal
. cubo de caldo de galinha
. piripiri

Preparação:
Corte o frango em pedaços e o bacon em cubinhos.
Frite ligeiramente em azeite, numa panela. Retire e reserve.
Na gordura que ficou na panela refogue cebola e alho picado.
Junte o frango, o caldo, vinho branco, piripiri, louro, cravinho e alecrim seco. Vá adicionando água aos poucos.
Quando o frango estiver quase cozido (a galinha demora mais tempo) adicione o arroz e água suficiente para o deixar malandrinho (1 arroz – 4 água quente).
Antes de finalizar a cozedura do arroz junte o sangue (2 saquinhos para um frango grande), envolva bem e deixe ao lume mais uns minutos. Rectifique os temperos.
Finalize juntando bastante salsa picada sobre o arroz que, repito, deve ficar malandrinho.
Sirva de imediato.
(Nota: o sangue que se compra em saquinhos já tem vinagre. Não junte mais sem antes provar o arroz.)
Experimente!

12 dezembro, 2014

Bacalhau cremoso no forno

Da mistura de ingredientes simples, como lascas de bacalhau, batatas, cenouras e molho bechamel resultou um prato requintado e muitíssimo saboroso.
Não me esqueci da noz-moscada no molho bechamel, logo, ficou perfeito. Já aconteceu...
Acompanhei com salada de alface, rúcula e cebola roxa.
Bebi um vinho branco bem fresco.
Foi óptimo!

Ingredientes:
. bacalhau
. batatas
. cenouras
. molho bechamel
. queijo ralado
. cebola
. alho
. louro
. salsa
. gemas de ovo
. azeite
. sal
. pimenta

Preparação:
Depois do bacalhau demolhado, limpe-o de peles e espinhas e divida-o em lascas. Reserve.
Coza batatas e cenouras em água temperada com sal. Depois, esmague-as grosseiramente e reserve.
Refogue a cebola e o alho picado em azeite.
Adicione o bacalhau, o louro e refogue mais um pouco. Acrescente a mistura da batata.
Tempere com pimenta e polvilhe com bastante salsa picada.
Misture o molho bechamel com gemas de ovo e mexa. Verta parte sobre o bacalhau e envolva.
Retire as folhas de louro e transfira para um tabuleiro de forno. Espalhe.
Deite por cima o restante molho bechamel e polvilhe com queijo ralado.
Leve ao forno quente até dourar.
Experimente!

Molho bechamel
Há bom molho bechamel à venda mas deixo aqui a minha receita, que nunca falha:
. manteiga
. farinha
. leite
. sal
. pimenta
. noz-moscada
Leve ao lume um tacho com manteiga e derreta-a sem deixar queimar.
Junte-lhe a mesma quantidade de farinha e mexa com um batedor de varas.
Acrescente leite quente aos poucos e continue a mexer.
Tempere com sal, pimenta e noz-moscada.
Deixe cozinhar até engrossar, a seu gosto. Reserve.
(Pode substituir-se parte do leite por natas. Faço-o por vezes, com natas de soja.)
Experimente!

06 dezembro, 2014

Caril de batata e ervilhas

Há já algum tempo que queria fazer caril de batata, mas adiava sempre. Foi hoje!
Gostei? Sim!
Confesso que primeiro estranhei, mas rapidamente fui arrebatada pelo gosto exótico e aroma inebriante do caril.
Da próxima vez juntarei courgette e cenoura às batatas. Depois conto como ficou.
Caril de batata, quem diria…

Ingredientes:
. mistura de caril
. batatas
. ervilhas frescas
. coco ralado
. leite de coco
. tomate pelado
. cebola
. alho
. louro
. azeite
. limão
. açúcar
. sal

Preparação:
Comece por preparar um refogado com azeite, cebola, alho e louro.
Junte depois o tomate, esmague-o com um garfo e deixe cozinhar e apurar.
Adicione agora a mistura de caril (pode sempre juntar mais açafrão e piripiri), o leite e o coco ralado.
Tempere com sal.
Descasque e corte as batatas em cubos grandes. Junte-as ao preparado de caril e deixe cozer em lume brando.
Minutos antes de terminar a cozedura das batatas adicione as ervilhas e uma pitada de açúcar.
Não deixe secar. Se for necessário junte um pouco mais de leite ou água quente.
No final, mesmo antes de desligar o lume, perfume o caril com umas gotas de sumo de limão.
Sirva sozinho, ou com arroz branco, ou com chapati (pão típico indiano).
Experimente!

05 dezembro, 2014

Coxinhas de frango fritas em azeite picante, servidas com couves de bruxelas

Sem tempo para esperar que o frango marinasse, optei por fritar coxinhas de frango em azeite bem picante.
Enquanto elas fritavam cozi couves de bruxelas e fiz delas o acompanhamento.
Ainda deu para cortar fatias de pão alentejano, para ensopar no molho "picantão".
Ufa! 
“Está pronto o almoço”, gritei…

Ingredientes:
. coxinhas de frango
. cubinhos de bacon
. couves de bruxelas
. tomilho
. louro
. alho
. vinho branco
. azeite
. piripiri
. sal

Preparação:
Numa frigideira deite azeite, cubinhos de bacon, piripiri, louro e tomilho. Leve ao lume.
Tempere o frango com sal e espalhe-o na frigideira. Deixe ganhar cor.
Adicione depois o alho e borrife com vinho. Deixe fritar bem.
Entretanto, coza as couves de bruxelas em água temperada com sal. Escorra e reserve quentes.
Misture azeite com alho bem picadinho e deite sobre as couves, mesmo antes de servir.
Experimente!