19 dezembro, 2014

Taça com polpa de manga, iogurte e frutos silvestres

Esta mistura colorida é uma sobremesa fácil de fazer e muito gostosa.
De verão ou de inverno sabe sempre bem.
É doce…

Ingredientes:
. 1 lata de polpa de manga
. 4 iogurtes gregos naturais
. 500 g de frutos silvestres
. açúcar em pó
. hortelã

Preparação:
Numa taça de vidro coloque a polpa de manga, por cima os iogurtes e por fim a fruta.
Antes de servir polvilhe com açúcar em pó e hortelã picada..
Experimente!

14 dezembro, 2014

Arroz de cabidela feito com frango do campo

Arroz de cabidela é um prato tradicional do Norte de Portugal, fácil de preparar e muito, muito saboroso.
Digo que é fácil de preparar porque não passa de um comum guisado a que se adiciona, no final, sangue avinagrado.
Uau! O meu arroz de cabidela ficou malandrinho e bom, bom, bom!

Ingredientes:
. frango do campo (ou galinha)
. sangue fresco
. chouriço, presunto ou bacon (eu utilizei bacon)
. cebola
. alho
. louro
. cravinho
. alecrim seco
. salsa
. vinho branco
. azeite
. sal
. cubo de caldo de galinha
. piripiri

Preparação:
Corte o frango em pedaços e o bacon em cubinhos.
Frite ligeiramente em azeite, numa panela. Retire e reserve.
Na gordura que ficou na panela refogue cebola e alho picado.
Junte o frango, o caldo, vinho branco, piripiri, louro, cravinho e alecrim seco. Vá adicionando água aos poucos.
Quando o frango estiver quase cozido (a galinha demora mais tempo) adicione o arroz e água suficiente para o deixar malandrinho (1 arroz – 4 água quente).
Antes de finalizar a cozedura do arroz junte o sangue (2 saquinhos para um frango grande), envolva bem e deixe ao lume mais uns minutos. Rectifique os temperos.
Finalize juntando bastante salsa picada sobre o arroz que, repito, deve ficar malandrinho.
Sirva de imediato.
(Nota: o sangue que se compra em saquinhos já tem vinagre. Não junte mais sem antes provar o arroz.)
Experimente!

12 dezembro, 2014

Bacalhau cremoso no forno

Da mistura de ingredientes simples, como lascas de bacalhau, batatas, cenouras e molho bechamel resultou um prato requintado e muitíssimo saboroso.
Não me esqueci da noz-moscada no molho bechamel, logo, ficou perfeito. Já aconteceu...
Acompanhei com salada de alface, rúcula e cebola roxa.
Bebi um vinho branco bem fresco.
Foi óptimo!

Ingredientes:
. bacalhau
. batatas
. cenouras
. molho bechamel
. queijo ralado
. cebola
. alho
. louro
. salsa
. gemas de ovo
. azeite
. sal
. pimenta

Preparação:
Depois do bacalhau demolhado, limpe-o de peles e espinhas e divida-o em lascas. Reserve.
Coza batatas e cenouras em água temperada com sal. Depois, esmague-as grosseiramente e reserve.
Refogue a cebola e o alho picado em azeite.
Adicione o bacalhau, o louro e refogue mais um pouco. Acrescente a mistura da batata.
Tempere com pimenta e polvilhe com bastante salsa picada.
Misture o molho bechamel com gemas de ovo e mexa. Verta parte sobre o bacalhau e envolva.
Retire as folhas de louro e transfira para um tabuleiro de forno. Espalhe.
Deite por cima o restante molho bechamel e polvilhe com queijo ralado.
Leve ao forno quente até dourar.
Experimente!

Molho bechamel
Há bom molho bechamel à venda mas deixo aqui a minha receita, que nunca falha:
. manteiga
. farinha
. leite
. sal
. pimenta
. noz-moscada
Leve ao lume um tacho com manteiga e derreta-a sem deixar queimar.
Junte-lhe a mesma quantidade de farinha e mexa com um batedor de varas.
Acrescente leite quente aos poucos e continue a mexer.
Tempere com sal, pimenta e noz-moscada.
Deixe cozinhar até engrossar, a seu gosto. Reserve.
(Pode substituir-se parte do leite por natas. Faço-o por vezes, com natas de soja.)
Experimente!

06 dezembro, 2014

Caril de batata e ervilhas

Há já algum tempo que queria fazer caril de batata, mas adiava sempre. Foi hoje!
Gostei? Sim!
Confesso que primeiro estranhei, mas rapidamente fui arrebatada pelo gosto exótico e aroma inebriante do caril.
Da próxima vez juntarei courgette e cenoura às batatas. Depois conto como ficou.
Caril de batata, quem diria…

Ingredientes:
. mistura de caril
. batatas
. ervilhas frescas
. coco ralado
. leite de coco
. tomate pelado
. cebola
. alho
. louro
. azeite
. limão
. açúcar
. sal

Preparação:
Comece por preparar um refogado com azeite, cebola, alho e louro.
Junte depois o tomate, esmague-o com um garfo e deixe cozinhar e apurar.
Adicione agora a mistura de caril (pode sempre juntar mais açafrão e piripiri), o leite e o coco ralado.
Tempere com sal.
Descasque e corte as batatas em cubos grandes. Junte-as ao preparado de caril e deixe cozer em lume brando.
Minutos antes de terminar a cozedura das batatas adicione as ervilhas e uma pitada de açúcar.
Não deixe secar. Se for necessário junte um pouco mais de leite ou água quente.
No final, mesmo antes de desligar o lume, perfume o caril com umas gotas de sumo de limão.
Sirva sozinho, ou com arroz branco, ou com chapati (pão típico indiano).
Experimente!

05 dezembro, 2014

Coxinhas de frango fritas em azeite picante, servidas com couves de bruxelas

Sem tempo para esperar que o frango marinasse, optei por fritar coxinhas de frango em azeite bem picante.
Enquanto elas fritavam cozi couves de bruxelas e fiz delas o acompanhamento.
Ainda deu para cortar fatias de pão alentejano, para ensopar no molho "picantão".
Ufa! 
“Está pronto o almoço”, gritei…

Ingredientes:
. coxinhas de frango
. cubinhos de bacon
. couves de bruxelas
. tomilho
. louro
. alho
. vinho branco
. azeite
. piripiri
. sal

Preparação:
Numa frigideira deite azeite, cubinhos de bacon, piripiri, louro e tomilho. Leve ao lume.
Tempere o frango com sal e espalhe-o na frigideira. Deixe ganhar cor.
Adicione depois o alho e borrife com vinho. Deixe fritar bem.
Entretanto, coza as couves de bruxelas em água temperada com sal. Escorra e reserve quentes.
Misture azeite com alho bem picadinho e deite sobre as couves, mesmo antes de servir.
Experimente!

29 novembro, 2014

Coelho estufado em Porto e hortelã

A foto não mostra mas acreditem que o meu coelho ficou lindo, lindo.
Lindo e delicioso, depois de “casado” com Porto e hortelã.
Fácil mais fácil não há.

Ingredientes:
. coelho
. vinho do Porto
. cebolas
. alhos
. louro
. azeite
. hortelã
. caldo de carne
. sal
. pimenta

Preparação:
Corte o coelho em pedaços e deixe-os a marinar por duas horas em vinho do Porto, hortelã, louro e pimenta.
Leve ao lume uma panela com azeite e core o coelho. Retire e reserve.
Na mesma gordura deite cebola às rodelas e alho picado e deixe ganhar cor.
Adicione depois o coelho, a marinada e o caldo de carne. Junte mais hortelã.
Deixe cozer cerca de uma hora em lume brando.
Acompanhe com batatas cozidas ou fritas.
Experimente!

28 novembro, 2014

Cogumelos com alecrim e Porto

Para mim estes cogumelos são o “três em um”:
- acompanhamento para carne grelhada;
- entrada simples;
- refeição ligeira, servidos com pão estaladiço para “ensopar” no molho com sabor a alecrim e Porto.
Já os fiz com sumo de limão, em vez do Porto; com tomilho fresco, em vez de alecrim.
Ficaram sempre óptimos!

Ingredientes:
. cogumelos marron
. alecrim fresco
. vinho do Porto
. chalota ou cebola
. alho
. azeite
. sal
. pimenta

Preparação:
Comece por limpar bem os cogumelos com um pano molhado. Depois, corte-os em quartos.
Aqueça o azeite numa caçarola e junte a chalota e os alhos picadinhos. Refogue cerca de um minuto.
Adicione os cogumelos e saltei em lume forte, mexendo até terem absorvido o azeite. Baixe o lume.
Quando os cogumelos tiverem largado os seus sucos, aumente o lume e junte mais um fio de azeite, o vinho do Porto, o alecrim (muito pouco), o sal e a pimenta. Cozinhe por uns minutos mais.
Sirva bem quente.
Experimente!

22 novembro, 2014

Cozido (simples) à portuguesa

Há séculos que desejava comer (aqui em casa) um cozido à portuguesa, mas adiava… e adiava.
Pois hoje, acordei decidida a fazer um cozido simples e pequenino (se é que se consegue fazê-lo pequenino). Um cozidinho para dois. Dois que não comem muito. Dois que sabem o que é bom, mas faz mal. Dois que estão na “idade do colesterol”.
Se virmos bem, o cozido é dos pratos mais saudáveis da cozinha portuguesa. E dos mais fáceis de preparar.
É certo que alguns ingredientes não são os mais saudáveis, mas… não se come cozido todos os dias, não é?
Aproveitem e façam uma sopa com o caldo da cozedura das carnes e dos legumes. Eu fiz.
Nos ingredientes assinalei com (*) as carnes e os enchidos que usei neste meu cozido simples. Para dois.
Adeus cozido… até daqui a mais uns séculos.
Brincadeirinha!

Ingredientes:
. carne de vaca para cozer *
. entrecosto *
. orelheira fresca *
. entremeada *
. galinha
. pé de porco
. chispe
. chouriço de carne (de porto preto) *
. chouriço em vinho tinto (de porco preto) *
. chouriço de sangue
. farinheira (de porco preto) *
. presunto
. salpicão
. couve portuguesa
. couve lombardo
. cenoura
. nabo
. batata
. louro
. hortelã
. sal

Preparação:
Algumas horas antes de começar a preparar a refeição tempere as carnes com sal e reserve em local fresco.
Entretanto, descasque e corte os legumes em bocados grandes.
Coloque as carnes (excepto o frango) numa panela grande (eu usei a panela de pressão), cubra com água e junte raminhos de hortelã. Vá retirando as carnes que cozem mais rápido.
Depois das carnes cozidas retire da água e mantenha quentes. Coza, na mesma água, o frango.
À parte coza os enchidos (cuidado que alguns cozem mais rápido que outros), retire e mantenha quentes.
Os legumes são cozidos na água das carnes e dos enchidos. Se necessário tempere com sal. Junte um fio de azeite. 
Introduza na água primeiro as couves e as cenouras e deixe cozer uns minutos. A seguir, adicione as batatas e os nabos. Depois de tudo cozido retire do lume mas mantenha os legumes na água.
Corte as carnes em pedaços pequenos e os enchidos em rodelas grossas.
Antes de servir aqueça as carnes juntando-as aos legumes. Depois, escorra e sirva bem quentinho.
Pode servir com arroz (cozido na água dos enchidos) e feijão cozido.
Experimente!

Dica: Gosto de escaldar primeiro a orelheira, levando-a ao lume em água fria. Quando levanta fervura retiro-a e deito fora a água. Depois sim, junto a orelheira às restantes carnes e início a cozedura.

15 novembro, 2014

Salada de bacalhau e grão-de-bico

Não sabia o que preparar para o almoço. Sabia apenas que não queria estar muito tempo na cozinha, nem sujar muitas panelas, nem descascar, nem cortar, nem…
Então, lembrei-me que tinha bacalhau demolhado e grão-de-bico cozido e avancei para esta salada gostosa.
Muito trabalho? Pouco! 
Bastou cozer uns ingredientes, picar outros, juntá-los, regá-los, generosamente, com azeite e… já está!
Confesso, a "dona preguiça" passou pela minha cozinha.

Ingredientes:
. bacalhau demolhado
. grão-de-bico cozido
. batatas
. ovos
. cebola
. alho
. salsa
. azeitonas pretas
. azeite
. sal

Preparação:
Na mesma panela coza bacalhau e batatas cortadas em cubos (assim os dois ingredientes ficarão cozidos ao mesmo tempo). Tempere com sal, se necessário.
De seguida lasque o bacalhau e volte a juntá-lo às batatas.
Coza ovos. A meio da cozedura (cerca de 5 minutos) junte o grão, tempere de sal e deixe terminar de cozer.
Descasque os ovos e pique-os, grosseiramente. Pique, também, cebola, alho e salsa.
Por fim, junte todos os ingredientes numa taça, regue com azeite e envolva com cuidado.
Enfeite a seu gosto e sirva quente ou fria.
Experimente!

11 novembro, 2014

Festival Gastronómico - Fundão (10 a 23 Novembro 2014)

"A par do Míscaros – Festival do Cogumelo, o Município do Fundão irá organizar, entre os dias 10 e 23 de novembro, a Mostra Gastronómica Fundão, Aqui Come-se Bem – Sabores do Cogumelo, em 16 restaurantes do concelho do Fundão.

Neste festival irão participar os restaurantes Boguinhas, Divino Lounge Bar, Dom Martim Prazeres da Beira, Moagem d’Avó, O Eclipse, Marisqueira Bela Vista, Hermínia, Alambique D’ Ouro, Mario’s, O Pierrot e O Beiral (todos no Fundão), O Mário e Gruta da Beira (Cruzamento de Alcaria – EN 18), O Fiado (Janeiro de Cima), O Lagarto (Castelo Novo) e o Hotel Rural Casa da Eira (Pêro Viseu).

Com esta mostra gastronómica pretende-se que sejam criados e recriados pratos típicos regionais e ligados ao acervo gastronómico do concelho do Fundão, permitindo preservá-lo e enriquecê-lo, assim como valorizar e defender o cogumelo como produto gastronómico de excelência.

Os cogumelos silvestres são, desde tempos imemoriais, uma forma das populações do Pinhal complementarem a sua alimentação e o seu rendimento familiar, uma vez que a região do Fundão sempre foi um habitat privilegiado de diversos tipos de cogumelos silvestres, tais como os Frades, Tortulhos e Míscaros, estando desta forma a iguaria enraizada na gastronomia local."

Hum! Fiquei com água na boca.
Obrigada, Ana Catarina Brandão, pela dica. Desejo o maior sucesso.

01 novembro, 2014

Bolinhos de canela, cardamomo, sultanas e corintos

Esta receita - facílima - dá para um bolo grande ou 4-6 pequeninos (depende do tamanhos das forminhas).
Como cá em casa andamos a comer mais fruta do que doces, optei por fazer bolinhos pequeninos, para congelar os que sobrassem.
Ficaram bons os meus bolinhos. Bons, perfumados e... tentadores.
Eu fiz seis bolinhos. Comemos dois na sobremesa do almoço, logo, quantos bolinhos congelei?
Será?
Confesso que sou eu quem mais vezes cai em tentação.

Ingredientes:
. 3 ovos
. 175 g açúcar
. 175 g manteiga
. 250 g farinha
. 1 colh (chá) cardamomo moído
. 1 colh (chá) canela
. 1 colh (chá) fermento
. 2 colh. (sopa) corintos e sultanas
. 4 colh (sopa) leite

Preparação:
Bata a manteiga com o açúcar, até fica cremoso.
Junte os ovos um a um e bate até incorporar bem.
Acresce depois, com cuidado, os restantes ingredientes.
Deite a massa em forminhas untadas (dá para seis bolinhos), e leve ao forno pré-aquecido a 150º, durante cerca de 30 minutos.
Retire do forno, deixe arrefecer e cubra a seu gosto.
Experimente!

25 outubro, 2014

Estufadinho de frango e courgette

Este prato de frango com courgette, deliciosamente simples, resultou na perfeição.
Servi com esparguete integral - que comi pela primeira vez - e gostei da combinação de sabores.
Quanto ao esparguete integral, posso aqui assegurar que vou voltar a comer.

Ingredientes:
. frango em pedaços
. courgette
. chouriço de carne
. tomate
. cebola
. alho
. caldo de galinha
. louro
. tomilho
. vinho branco
. azeite
. sal
. piripiri
. esparguete integral

Preparação:
Tempere o frango com vinho, louro, alho picado, sal e piripiri e deixe marinar uma a duas horas.
Depois, prepare um refogado com azeite, cebola, alho e louro. Quando a cebola estiver loira, adicione tomate pelado e cozinhe por uns minutos.
Retire o frango da marinada e junte-o ao preparado anterior. Adicione caldo de galinha e rodelas de chouriço.
Tape e deixe cozer em lume brando. Regue a carne com a marinada, sempre que necessário.
Quando o frango estiver quase pronto junte a courgette cortada em rodelas finas e deixe terminar a cozedura.
Rectifique os temperos, antes de servir bem quentinho.
Experimente!

18 outubro, 2014

Bifinhos de peru com cogumelos, pimentos e natas de soja

Se não sabe o que fazer para o almoço, deixo-lhe uma sugestão fácil, rápida e económica: junte peru com cogumelos, pimentos e natas de soja e o brilharete é garantido.
Eu optei pelas natas de soja porque… de vez em quando deito um olhinho ao espelho… não, não, simplesmente porque são mais saudáveis.
Você, use as natas que quiser... mas não abuse.

Ingredientes:
. bifes de peru
. cogumelos fatiados
. pimento verde
. natas de soja
. cebola
. alho
. tomilho
. gengibre em pó
. louro
. azeite
. manteiga
. sal

Preparação:
Comece por cortar a os bifes aos bocadinhos, tentando que fiquem do mesmo tamanho.
Tempere-os com vinho branco, alho, tomilho, gengibre, louro, sal e pimenta, e deixe a marinar durante uma hora.
Aloure depois em azeite e manteiga, retire e mantenha quente.
Na mesma frigideira refogue ligeiramente cebola, alho picado e o pimento cortado em cubos.
Adicione a carne e deixe cozinhar.
Entretanto, em outra frigideira saltei os cogumelos em manteiga, deixe que soltem todos os sucos e junte-os à carne.
Por fim, adicione as natas e cozinhe por uns minutos mais.
Rectifique os temperos, salpique com salsa picada e sirva bem quentinho.
Experimente!

11 outubro, 2014

Perna de borrego marinada em muita coisa... e depois assada com batatas novas

Este prato é perfeito para um almoço tardio de domingo.
A carne fica suculenta, e saborosíssima.
Eu optei por juntar o molho do assado à marinada e obtive um molho aveludado e apaladado.
Com um bom tinto alentejano - vai bem com o borrego - o almoço de domingo foi um sucesso.
Palavra!

Ingredientes:
. perna de borrego
. batatas novas
. cebola roxa
. azeite
Marinada:
. alho
. cebola
. pimento vermelho
. louro
. tomilho
. alecrim
. piripiri
. vinho branco
. caldo de carne
. sal
. colorau
. raspa de limão

Preparação:
De véspera prepare a marinada na misturadora e deite-a sobre a carne.
(Se a marinada ficar demasiado consistente e não quiser adicionar mais vinho, junte um pouco de água. Eu optei por usar metade vinho, metade água).
No dia, aqueça previamente o forno a 230 graus.
Depois, corte cebola roxa aos quartos e espalhe-a num tabuleiro.
Retire a carne da marinada, escorra bem e coloque-a sobre a cebola. Regue com azeite, polvilhe com alecrim e leve ao forno.
Vinte minutos depois, baixe a temperatura para 200 graus e deixe continuar a assar.
Lembre-se de juntar as batatas ao borrego, mais ou menos trinta minutos antes de finalizar o assado.
As batatas novas são apenas lavadas e cozinhadas em água com sal.
A meio da cozedura, retire-as, escorra-as e espalhe-as à volta do borrego. Regue-as com o molho da carne.
Depois do borrego pronto, deixe repousar uns minutos e corte-o aos pedaços.
Sirva com o molho do assado ou, melhor ainda, junte o molho do assado à marinada e leve a lume brando durante 15 a 20 minutos até borbulhar e engrossar um pouco. Rectifique os temperos, coe e sirva à parte.
Experimente!

24 junho, 2014

Bolo mármore com cobertura de chocolate

Hoje deliciei-me com o “velhinho” bolo mármore.
Decidi torná-lo um pouco mais especial, cobrindo-o com calda e granulado de chocolate
Ficou mais bonito, mais gostoso e… mais calórico.
Acompanhei com um chá verde quentinho (para “derreter” os excessos) e… escondi a balança.
Gostei!

Ingredientes do bolo:
. 5 ovos
. 250 g açúcar
. 250 g farinha
. 250 g manteiga amolecida
. 25 g cacau
. 75 ml leite
. 1 colh (chá) fermento
. 1 colh (chá) baunilha
Ingredientes da cobertura:
. 200 g chocolate negro
. 2 colh (sopa) manteiga
. 5 colh (sopa) leite
. granulado de chocolate

Preparação:
Comece por bater a manteiga com o açúcar.
Junte os ovos um a um e continue a bater.
Acrescente a farinha e o fermento, alternando com o leite e a baunilha.
Divida a massa por duas taças. Ao preparado de uma delas junte o cacau e envolva.
Numa forma untada e polvilhada deite colheradas de ambas as massas e com um pauzinho misture-as ligeiramente.
Leve ao forno aquecido a 180º, durante cerca de 50 minutos.
Depois do bolo cozido, e enquanto arrefece, prepare a cobertura.
Derreta em banho-maria o chocolate com a manteiga.
Junte-lhe o leite e mexa bem.
Deite sobre o bolo e deixe escorrer.
Deixe arrefecer e polvilhe com o granulado de chocolate.
Experimente!

13 junho, 2014

Bochechas de porco estufadas "à pressão"

Foi a primeira vez que vi bochechas de porco à venda.
Foi também a primeira vez que as comi.
Rendi-me ao conselho do “senhor do talho” – leve porque são muito boas estufadas e grelhadas.
Bochechas de porco: temperei (duas horas antes), estufei (na panela de pressão), experimentei (um pouco a medo) e… gostei.
O molho ficou delicioso. Disse-mo o pão…

Ingredientes:
. bochechas de porco
. chouriço de carne
. cenouras
. aipo
. pimento verde
. tomate pelado
. cebolas
. alho
. louro
. azeite
. vinho branco
. sal
. piripiri

Preparação:
Limpe as bochechas de todas as gorduras.
Mantenha-as inteiras e tempere com vinho branco, alho, louro, sal e piripiri. Reserve.
Na panela de pressão (ou num tacho) refogue cebolas e alhos em azeite.
De seguida, junte as bochechas e deixe que tomem cor.
Adicione depois tomate pelado e cubos de chouriço. Cozinhe uns minutos.
Agora, junte a marinada e água suficiente para cobrir a carne. Feche a panela e deixe cozer cerca de 30 minutos.
Nesta altura já as bochechas estarão tenras, logo, junte a cenoura, o aipo e o pimento verde, cortados em pedacinhos.
Rectifique os temperos e deixe terminar a cozedura. Mantenha a panela destapada, para apurar o molho.
Salpique com salsa picadinha, antes de servir.
Acompanhe com esparguete, batatas cozidas, fritas ou em puré, ou arroz branco, ou apenas pão
Experimente!

Nota: na foto o que aparece sobre as bochechas não é gordura, é cebola.

31 maio, 2014

Borrego assado com chouriço transmontano e grelos de nabiça salteados

Voltei ao borrego, uma das minhas carnes preferidas.
Desta vez combinei o seu sabor característico com o do chouriço transmontano. Foi um casamento perfeito.
Optei por dar uma pré-cozedura às batatas antes de as juntar à carne. Fiz bem.
Acompanhei com grelos de nabiça salteados.
Foi um bom repasto.

Ingredientes:
. borrego cortado aos bocados
. batatas
. chouriço
. grelos de nabiça
. cebolas
. alhos
. vinho branco
. louro
. tomilho
. colorau
. azeite
. manteiga
. sal
. piripiri

Preparação:
Duas a três horas antes (ou de véspera, como eu fiz), tempere a carne com vinho branco, colorau, tomilho, louro, alhos picados, sal e piripiri.
Espalhe cebolas cortadas às rodelas numa assadeira e tempere com azeite, sal e colorau.
Por cima coloque a carne e tiras de chouriço. Regue com a marinada e um fio de azeite. Se for necessário, salpique a carne com água.
Descasque e corte batatas aos quartos. Deite-as em água com sal e leve ao lume até levantar fervura. Desligue de imediato, escorra e reserve.
Quando a carne estiver quase pronta, junte-lhe as batatas. Regue com o molho do assado e deixe finalizar.
Coza agora os grelos (cozem rápido) em água temperada com sal. Escorra, depois, e saltei em azeite com alhos picados.
Experimente!

25 maio, 2014

Tortilha de atum, milho e muito mais...

As fotos ficaram péssimas mas a tortilha…
Eu estava num daqueles dias estúpidos, sem saber o que cozinhar e a desejar estar longe dos tachos e panelas.
Tudo passou quando olhei para alguns ingredientes, os deitei numa tigela, lhes dei duas ou três voltas, os levei ao lume, os virei no ar (com a ajuda de um prato, claro!) e os servi com uma fresca salada verde.
Fiquei entusiasmada com a preparação e o sabor desta tortilha.
Tão entusiasmada que não consigo deixar de pensar – em espanhol - na preparação e na mistura de ingredientes da próxima.
Verdad!
 
Ingredientes:
. ovos
. atum
. milho cozido
. batatas
. cebolas
. alhos
. azeitonas pretas
. salsa
. azeite
. sal
. pimenta
 
Preparação:
Coza batatas cortadas em cubinhos. Escorra e reserve.
Refogue, em azeite, cebola e alhos picados. Reserve.
Bata os ovos (eu coloquei 3 por pessoa) e depois junte-lhes o milho e o atum escorridos, as azeitonas cortadinhas, a cebola, o alho, as batatas a salsa picada. Tempere com sal e pimenta.
Deite o preparado numa frigideira antiaderente, mexa para espalhar os ingredientes, e deixe cozinhar por 4 a 5 minutos.
Quando a tortilha começar a descolar dos lados, vire-a, com a ajuda de um prato, e mantenha no lume por mais 3-4 minutos.
Sirva com uma salada fresca.
Experimente!

09 maio, 2014

Assado de frango em cama de legumes

E não é que um simples frango e uns vulgares legumes “casam” bem nesta receita?!
Aliás, tudo “casa” bem: tempo de preparação (mínimo), esforço (mínimo), custo (mínimo), estardalhaço na cozinha (mínimo) …
Um casamento inusitado, resultou numa refeição perfeita em termos de aromas, cores e sabores.
Desfrutei!
 
Ingredientes:
. frango inteiro ou em pedaços grandes
. beringela
. curgete
. cebola roxa
. alho
. batatas pequenas com a casca
. bacon
. vinho branco
. sal
. azeite
. louro
. tomilho
. piripiri
 
Preparação:
Uma hora antes tempere o frango com alho, sal, piripiri, louro, tomilho e vinho branco. Reserve.
Corte cebolas, beringelas e curgetes em rodelas grossas. Deite num tabuleiro, junte alhos inteiros e tempere com tomilho, sal e azeite.
Coloque o frango sobre os legumes, espalhe à volta batatas (temperadas com sal e tomilho) e bocadinhos de bacon.
Deite por cima a marinada restante, mais azeite (se necessário) e leve ao forno quente.
Experimente!

16 abril, 2014

Bolo de tâmaras com calda de caramelo

Sou louca por tâmaras!
Cá em casa nunca faltam. A sério!
Aprendi a gostar delas, bem menininha, em Moçambique.
Bolo de tâmaras – só boas recordações…
 
Ingredientes:
Bolo
. 250 g tâmaras (sem caroço)
. 150 g açúcar amarelo
. 220 g farinha
. 3 ovos
. 1 colh (sopa) gengibre em pó
. 1 colh (chá) bicarbonato de sódio
. 1 colh (chá) fermento
. 200 ml de água quente
Caramelo
. 1 cháv. açúcar
. ½ cháv. natas
. 75 g manteiga
. uma pitada de gengibre em pó
 
Preparação:
Comece por cortar as tâmaras em pedacinhos e cubra-as com a água quente. Reserve.
Bata o açúcar com a manteiga até obter um creme fofo.
Continue a bater e adicione os ovos, um a um, o gengibre, a farinha e o fermento.
Por fim junte as tâmaras e a água.
Deite a massa numa forma untada e polvilhada e leve ao forno, aquecido, cerca de 40 minutos.
Enquanto o bolo coze prepare a cobertura.
Leve a lume brando um tacho com o açúcar.
Quando chegar ao ponto de caramelo dourado, junte a manteiga e mexa com varas.
Retire do lume, adicione as natas e o gengibre e continue a mexer até obter uma calda cremosa e brilhante.
Deixe arrefecer, antes de cobrir o bolo.
(A calda por fazer-se sem o gengibre. Eu juntei e gostei.) 
Experimente!

12 abril, 2014

Bacalhau com broa e amêndoas

Voltei ao “fiel amigo”.
Desta vez juntei-o a broa de milho e amêndoas laminadas.
Gostei do "casamento" requintado e, mais ainda, do sabor delicioso.
Vou repetir… mas apenas quando esquecer a quantidade de tabuleiros, tachos e panelas que sujei…
Bem... valeu a pena!
 
Ingredientes:
. bacalhau
. broa de milho
. amêndoas laminadas
. batatas
. cebolas
. alhos
. louro
. azeite
 
Preparação:
Depois do bacalhau demolhado, coza-o e desfaça-o em lascas. Reserve.
Coza batatas com a pele. Pele-as depois de arrefecidas e corte-as em cubos. Reserve.
Esfarele com as mãos broa de milho. Reserve.
Entretanto, corte cebola e alhos em rodelas finas e refogue em azeite. Junte uma folha de louro.
Quando a cebola estiver pronta, junte-lhe o bacalhau e as batatas.
Envolva com cuidado para não esmagar as batatas e deite tudo num tabuleiro, sem calcar.
Cubra com broa esfarelada e espalhe por cima amêndoas.
Regue com azeite, e leve ao forno aquecido até doirar.
Experimente!

05 abril, 2014

Tarte de massa folhada, ananás e especiarias

 
Nada mais fácil!
Massa folhada de compra, ananás fresco, especiarias, forno e… já está!
Sirva quente ou frio. Desaparecerá num instante.
 
Ingredientes:
. 2 embalagens de massa folhada
. 1 ananás fresco
. açúcar mascavado
. canela
. cravinho
. cardamomo
. açúcar em pó
 
Preparação:
Descasque o ananás e corte-o em pedaços pequenos.
Junte o açúcar e as especiarias, mexa e deixe que absorva todos os sabores.
Em seguida, forre uma tarteira com uma folha de massa folhada.
Por cima espalhe o ananás.
Tape com outra folha de massa folhada, feche bem toda a volta, perfure o centro e pincele com gema de ovo.
Leve ao forno quente cerca de 30 minutos.
Depois da tarte fria polvilhe com açúcar em pó. E canela, se gostar.
Experimente!

30 março, 2014

Coelho com tomilho e cogumelos Marron

Sou apreciadora de coelho.
Gosto de o cozinhar e mais ainda, claro, de o saborear.
Por vezes fico perdida, sem saber como o preparar, mas logo invento qualquer coisa.
O tomilho e os cogumelos resultaram bem nesta receita.
O acompanhamento foi o tradicional – batatas cozidas – mas penso que não ficaria nada mal servido sobre fatias fininhas de pão alentejano.
Fica para a próxima…
 
Ingredientes:
. coelho
. cogumelos Marron
. tomilho fresco
. vinho tinto
. vinho branco
. bacon
. cebola
. alho
. azeite
. louro
. sal
. pimenta
 
Preparação:
Corte o coelho em pedaços e deixe-os marinar, duas a três horas (ou de véspera), em vinho tinto, vinho branco, tomilho, alho, sal, louro e pimenta.
Comece por fritar cubinhos de bacon. Reserve.
Na mesma gordura core, ligeiramente, o coelho. Acrescente cebola cortada em rodelas finas e deixe ganhar cor.
Junte, agora, a marinada e deixe estufar o coelho, tapado. Vá adicionando água quente, sempre que necessário.
Entretanto, à parte saltei os cogumelos - cortados apenas ao meio - em azeite. J
Junte-os à carne, quase no final da cozedura.
Rectifique os temperos e sirva, bem quentinho, com batatas cozidas.
Experimente!

07 março, 2014

Sopa de bacalhau com ovos escalfados

Hoje dei sopa na sopa tradicional e preparei uma muito diferente, com coentros, pão alentejano e bacalhau.
A preparação não podia ser mais fácil. O sabor não podia ser melhor.
Servi em pratos fundos, porque de sopa se trata, e acompanhei com um aromático vinho branco bem fresco, escolha do maridão.
Abusei do pão… mas… dias não são dias e “sopas não são sopas”.
No fim do repasto, decidi que dar sopa nesta sopa…nunca!
 
Ingredientes:
. bacalhau
. ovos
. batatas
. tomate
. coentros
. cebola
. alhos
. louro
. azeite
. vinho branco
. sal
 
Preparação:
Num tacho refogue ligeiramente cebola cortada em meias luas, alho picado, louro e azeite.
Junte tomate pelado e  talos de coentro. Perfume com vinho branco e cozinhe uns minutos.
Em seguida, adicione água, deixe levantar fervura e junte batatas cortadas às rodelas. Tempere com sal.
Quando as batatas estiverem quase cozidas, acrescente o bacalhau e deixe ao lume mais uns minutos.
À parte escalfe ovos e junte-os à sopa. Pode, claro, escalfá-los directamente na sopa.
Polvilhe com coentros picados, rectifique os temperos e sirva sobre  fatias finas de pão alentejano.
Experimente!  

28 fevereiro, 2014

Bolo de laranja (inteira) na misturadora

Bem, este bolo de laranja é mesmo uma tentação deliciosa.
E fácil, ou melhor, facílimo de preparar.
E económico.
E fofo.
E… e… e…
 
Ingredientes (bolo):
. 1 laranja
. 4 ovos
. 1 cháv. açúcar
. 2 cháv. farinha
. ½ cháv. óleo de girassol
. 1 colh. (chá) fermento
Ingredientes (calda):
. sumo de 2 laranjas
. 4 colh. açúcar
. 2 cravinhos
 
Preparação:
Deite no liquidificador os ovos, a laranja (lavada, cortada em quartos e sem caroços), o açúcar e o óleo. Misture por uns minutos.
Junte depois a farinha e o fermento e bata apenas para envolver.
Deite em forma untada e polvilhada e leve ao forno aquecido a 150º, durante cerca de 45 minutos.
Enquanto o bolo coze, prepare a calda.
Leve ao lume o sumo de laranja com o açúcar e os cravinhos, e cozinhe em fogo brando, até engrossar. Retire os cravinhos.
Depois do bolo cozido, retire do forno, fure-o com um palito e deite sobre ele toda a calda.
Deixe ensopar e arrefecer na forma.
Experimente!

21 fevereiro, 2014

Borrego com beringela em cama de pão alentejano

Gosto de borrego preparado de todas as maneiras.
Desta vez cozinhei-o com beringelas e “o bicho” adorou a companhia.
Servi sobre fatias de pão alentejano e acompanhei com batatas cozidas com a pele.
Ficou gostoso!
 
Ingredientes:
. borrego (cortado para estufar)
. beringelas
. cebola
. alhos
. vinho branco
. louro
. coentros
. pão alentejano
. azeite
. vinagre
. sal
 
Preparação:
Aproximadamente duas horas antes, tempere o borrego com sal, vinho branco, alhos picados, louro e coentros.
Depois, deite azeite num tacho e doure a carne. Reserve.
Aproveite a gordura no tacho e refogue, ligeiramente, cebola picada, alhos e louro.
Junte depois a carne, polvilhe com farinha e regue com a marinada.
Cozinhe em lume brando, cerca de 40 minutos. Mexa de vez em quando e vá juntando água, se necessário.
Minutos antes de terminar a cozedura da carne, corte beringelas em cubos, tempere com sal (pouco) e frite em azeite. Coloque sobre papel para absorver a gordura.
Junte a beringela à carne e cozinhe por mais cinco minutos.
Retifique os temperos e adicione umas gotas de vinagre.
Sirva sobre fatias fininhas de pão alentejano.
Experimente!

18 fevereiro, 2014

Queijadas de leite

Não demorou meia hora a ter pronto um miminho para o café do almoço – queijadas de leite deliciosas, rápidas e fáceis de fazer.
Aproveitei o forno bem quente (de um assado), misturei rapidamente os ingredientes, untei as forminhas, enchi-as com o preparado, levei-as ao forno e… estavam prontas a saborear as minhas queijadas.
Servi-as frias mas não resisti e, às escondidas, comi uma quentinha, que me aqueceu a alma. Verdade!
 
Ingredientes:
. 300 g açúcar
. 100 g farinha
. 50 g manteiga
. ½ l leite
. 2 ovos
 
Preparação:
Bata os ovos com o açúcar.
Adicione o leite misturado com a farinha (sem grumos) e a manteiga derretida e mexa bem.
Encha com o preparado 12 forminhas untadas e leve ao forno muito quente, cerca de 10 minutos.
Deixe arrefecer e desenforme.
Coloque em caixinhas de papel frisado.
Se gostar, polvilhe com açúcar e canela.
Experimente!

14 fevereiro, 2014

Pernas de frango assadas em leite de côco

Estas pernas de frango ficaram deliciosas, depois de marinarem duas horas em leite de côco e... muito mais.
Foi uma refeição económica, fácil de preparar e extremamente satisfatória.
Vou repetir.
 
Ingredientes:
. pernas de frango
. leite de côco
. batatas
. alho
. azeite
. manteiga
. tomilho
. alecrim
. louro
. sal
. piripiri
 
Preparação:
Tempere o frango com leite de côco, tomilho, alecrim, louro, alho picado, sal e piripiri e deixe marinar duas horas.
Numa frigideira, em azeite ou manteiga, aloure ligeiramente o frango e, de seguida, coloque-o num tabuleiro de forno.
Deite por cima a gordura da frigideira e a marinada, e leve ao forno aquecido.
Em outro tabuleiro asse batatas, temperadas com azeite, sal e um pouco de molho do frango.
Experimente!

08 fevereiro, 2014

Coelho estufado em molho de hortelã chocolate

Pode parecer estranho mas a mistura de coelho com chocolate resultou na perfeição.
A carne ficou macia, perfumada, e… deliciosa.
Experimente e surpreenda-se.
 
Ingredientes:
. coelho
. chocolate negro
. hortelã chocolate
. salpicão
. vinho tinto
. cebola
. alho
. azeite
. farinha
. sal
. pimenta
 
Preparação:
Corte o coelho em pedaços e deixe-os a marinar, de um dia para o outro, em vinho tinto, alho picado, hortelã chocolate, sal, louro e pimenta.
Depois, leve ao lume um tacho com azeite e cozinhe cubinhos de salpicão. Junte a cebola cortada em meias luas finas e deixe ganhar cor.
Em seguida, escorra os pedaços de coelho, passe-os por farinha e junte-os à cebolada. Deixe cozinhar cerca de dez minutos, sem juntar qualquer líquido mas mexendo sempre para não pegar.
Chegou então a hora de adicionar a marinada e, se necessário, água para cobrir a carne.
Deixe cozer cerca de trinta minutos, em lume brando.
Por fim, acresce chocolate ralado e um raminho de hortelã chocolate.
Rectifique os temperos e mantenha em lume brando por mais cinco minutos.
Acompanhe com batatas cozidas com a casca e depois peladas.
Experimente!
 
Atenção: A quantidade de chocolate necessária é muita pequena. Nesta receita o coelho pesava cerca de 1.200 Kg e eu juntei apenas 30 g de chocolate negro.

01 fevereiro, 2014

Delícia rápida de ananás caramelizado e iogurte de côco

A meio da preparação do almoço deu-me, de repente, desejo de um doce para o final da refeição.
Como esta “sofreguidão açucarada” não estava prevista, tive de me cingir ao que havia no frigorífico.
Procurei, procurei e… inventei uma mistura de ananás e côco que ficou, acreditem, soberba.
Fácil, mais fácil não há.
 
Ingredientes (para duas taças):
. 3 rodelas de ananás fresco
. 2 iogurtes de côco
. 2 colh. (sopa) flocos de côco torrado
. 4 colh. (sopa) açúcar amarelo
. 2 colh. (sopa) de água
. 1 colh. (chá) canela
. 2 cravinhos
 
Preparação:
Corte as rodelas de ananás em pedaços pequenos.
Leve ao lume o açúcar, a água e as especiarias. Quando começar a ganhar cor, junte os pedaços de ananás e deixe caramelizar em lume brando. Depois, retire do lume e deixe arrefecer.
Para montar o doce, comece por encher o fundo de cada taça com ananás, por cima deite o iogurte, depois uma colher de calda e por fim os flocos de côco torrado.
Experimente!

29 janeiro, 2014

Arroz de cogumelos e amêndoas laminadas

Ficou lindo e saboroso este arroz de cogumelos.
Desta vez optei pelas amêndoas laminadas, porque estavam mais à mão, mas também fica bom com amêndoas com pele, nozes, pinhões, avelãs, passas, etc.
Faça a sua escolha e delicie-se.
 
Ingredientes:
. arroz
. cogumelos
. amêndoas laminadas
. vinho branco
. caldo de galinha
. salsa
. noz-moscada
. cebola
. alho
. louro
. sal
. azeite
. sumo de limão
 
Preparação:
Retire o pé aos cogumelos e corte-os em cubos.
Depois, leve-os a lume forte, em frigideira com um de fio de azeite, tempere com pouco sal e noz-moscada. Deixe cozinhar, retire do lume e reserve.
Num tacho faça um refogado ligeiro com azeite, louro, cebola e o alho picados.
Junte o arroz, mexa com garfo, perfume com vinho branco.
Passados uns minutos acrescente caldo de galinha (1 arroz - 2 caldo) e tempere com sal.
Coza até começar a ficar seco e nessa altura adicione os cogumelos.
Deixe secar novamente, salpique com gotas de limão e junte as amêndoas e a salsa picada.
Envolva cuidadosamente, desligue o lume e deixe repousar uns minutos antes de servir.
Experimente!

26 janeiro, 2014

Bacalhau com especiarias

Voltei ao fiel amigo e decidi inventar…
Inventei e gostei desta combinação de bacalhau com especiarias.
Não convém abusar dos pozinhos. Tem de ser tudo na medida certa.
A partir daí é dar asas à imaginação e, no final, saborear.
 
Ingredientes:
. bacalhau
. batatas
. cebolas
. alhos
. azeitonas pretas
. azeite
. vinho branco
. alho
. salsa
. louro
. canela
. cominhos
. cravinho
. pão ralado
. sal
. pimenta
 
Preparação:
Leve ao lume um tacho com cebolas às rodelas, alho picado, louro e azeite.
Cozinhe por uns minutos, tempere com sal e pimenta e perfume com vinho branco.
Junte, então, as especiarias: canela, cominhos e cravinho.
Cozinhe até a cebola doirar e retire do lume. Reserve.
Entretanto, descasque e corte batatas em cubos. Leve a cozer em água temperada com pouco sal.
A meio da cozedura das batatas (cerca de 10 minutos) junte o bacalhau e deixe cozer.
No final escorra tudo muito bem e lasque o bacalhau, depois de limpo de peles e espinhas.
Leve de novo ao lume a cebolada e junte-lhe as batatas, as lascas de bacalhau, azeitonas pretas cortadinhas e salsa picada.
Envolva bem e rectifique os temperos.
De seguida, deite o preparado num tabuleiro, cubra com pão ralado e nozinhas de manteiga e leve ao forno quente para doirar.
Depois de retirar do forno deixe repousar uns minutos, antesde servir.
Acompanhe com uma salada verde.
Experimente!

10 janeiro, 2014

Costela assada com molho de laranja, mel e especiarias

Eis um prato de carne fácil de preparar, substancial e delicioso.
A mistura de sabores - laranja, mel, e especiarias - conferiu a um simples naco de porco, um sabor inebriante.
Dei asas à imaginação....

Ingredientes:
. costela de porco
. laranja
. mel
. massa de pimentão
. vinho branco
. azeite
. tomilho
. canela
. cravinho
. alho
. salsa
. sal

Preparação:
Algumas horas antes, ou de véspera, tempere o entrecosto com os ingredientes indicados e sumo de laranja.
Depois, coloque a carne num tabuleiro e leve ao forno médio para assar. Regue com azeite e um pouco da marinada.
Deixe assar lentamente, virando-a e regando-a sempre que necessário.
Quando a carne estiver quase assada, espalhe sobe ela rodelas de laranja e deixe continuar a assar.
Sirva com batatas pequenas, também assadas, e o molho à parte.
Experimente!